Visitas desde 1997
Categoria: As Doenças
Postado por em 13 abr 2013 | 1.299 Visitas
Doença do ponto branco ou Íctio

A doença dos pontos brancos (íctio) é provocada por um Protozoário parasita chamado Ichthyophthirius multifiliis, que ataca peixes enfraquecidos por qualquer motivo, por exemplo, uma descida brusca da temperatura da água do aquário ou uma alimentação deficiente.

 

Trata-se na verdade da doença mais vulgar nos aquários tropicais, caracteriza-se por pequenos pontos brancos, o peixe fica todo salpicado de branco e permanece com as nadadeiras fechadas e fica parado no fundo do aquário, cada ponto é um parasita que se alimenta do sangue do peixe. O peixe afectado esfrega-se de encontro às pedras, até levá-lo a morte, se os parasitas atacar as suas guelras o peixe morre por asfixia.

 

O parasita penetra na epiderme do peixe, onde aumenta de volume, dando aos tais pontos brancos a sua característica. Passado algum tempo perfura a pele e cai no fundo do aquário, formando um quisto.

 

E por divisão multiplica-se em centenas de elementos infestados que voltam de novo a atacar os peixes. Sabe-se que o parasita só pode ser aniquilado por qualquer medicamento na fase em que se encontra fora do peixe e em estar infectado. Portanto o que se deve fazer é aumentar a temperatura da água, alguns graus para que o parasita se liberte do peixe mais depressa, ficando assim vulnerável ao medicamento.

 

Tratamento:

A primeira deve se separar o peixe, e coloca-lo no aquário hospital, e depois aumentar a temperatura para 30 °C pois acima de 28 °C o parasita morre quando abandona a pele do peixe, portanto não consegue se reproduzir, também pode usar sulfato de cobre, 1ml para cada litro de água, até a cura, mas fazendo-se trocas parciais de 3/4 da água diariamente, mas tome cuidado pois o sulfato de cobre é fatal para algumas espécies de peixes como por exemplo o labeo bicolor.

 

Doença do ponto branco ou Íctio

 

Meu nome é Celestino Neves, sou Técnico de Informáticas e Programador Web nas horas vagas entre outras atividades. A minha paixão é a aquariofilia já desde da década de 80, mais precisamente em 1986, o ano da descoberta do mundo da aquariofilia com o meu primeiro aquário de 60 litros, neste momento posso dizer que tenho um conhecimento médio/alto. Não deixe de colaborar, seja enviando fotos de espécies ou artigos a serem publicados (sujeito a aprovação) para isso basta escrever para o correio eletrónico.

Copyright © 1997- 2014 todos os direitos de autor reservado Celestino Neves. Todas as informações e fotografias contidas nesta página não podem ser reproduzidas, mesmo parcialmente, sem o acordo do autor.